• Beemob

Como se reconectar com clientes antigos: 7 dicas para aplicar hoje

Atualizado: Jun 10



Mais do que fechar negócios, o bom corretor se preocupa em criar conexões reais com seus clientes. Sabe o que isso significa? Que o seu cliente não deve ser considerado apenas quando está comprando um imóvel com você.


É preciso nutrir o contato para que futuramente, em uma troca de imóvel ou venda e aquisição de outro, você seja a referência dele. Além disso, quando se é referência de alguém no seu ramo de atuação, ser recomendado é uma consequência muito orgânica e natural. Por isso a importância e o valor de nutrir as relações com seus clientes atuais ou mesmo com os mais antigos!


Construa relações de valor


Um esclarecimento fundamental é que não se deve confundir insistência com relacionamento. O corretor deve entender quando e como nutrir o contato com cada um de seus clientes. Não adianta você ficar “forçando a barra” mandando uma mensagem diária ou “sondando” claramente o cliente. Isso só vai fazer de você um profissional irritante.


Se você conhecer bem seu cliente (família, preocupações e interesses) fica fácil gerar valor e manter um relacionamento genuíno. Por exemplo: se o cliente se interessa por investimento, mandar uma matéria relevante sobre fundos imobiliários pode ser o suficiente. Existem diversas outras situações que você pode seguir a mesma lógica.


O importante é deslocar a visão dos seus interesse e lembrar de quem ele é e o que importa para ele. Você encontrará oportunidades para alimentar o contato de forma natural.


7 dicas para nutrir as relações com clientes e recuperar os contatos antigos


Confira essas sete dicas que preparamos para manter a conexão com seus clientes e recuperar o contato mesmo com os clientes mais antigos:


1 - Compartilhe matérias relevantes com seus clientes

Seja para os clientes que estão em processo de fechamento, seja um lead potencial que já compartilhou com você seus interesses, seja um cliente antigo… Essa dica pode ser aplicada em qualquer contexto!


É como o exemplo que demos acima: compartilhe artigos e notícias sobre o mercado imobiliário, imóveis e financiamento que sejam relevantes para seus clientes. Para um cliente investidor, notícias de fundos imobiliários. Para um cliente com filhos em fase universitária, novidades sobre esse perfil de imóvel próximo à universidade do filho.


E ainda, se for o caso, você pode compartilhar matérias para além do segmento. Atendeu algum casal que recém está tendo um filho? Que tal compartilhar um vídeo interessante sobre o tema com um “lembrei de vocês”?!


2 - Tenha uma agenda de fornecedores e de serviços domésticos


Seja referência para seus clientes não apenas para a compra e venda do imóvel. Sua atuação pode ir além de uma forma bem simples. Imagine que agenciou a compra de uma casa e aquele casal com o bebê está pensando em fazer adaptações no imóvel. Você pode perguntar e acompanhar as ideias e oferecer contatos de profissionais para fazer o trabalho.


Entregue uma experiência rica e cativante. Com certeza, o casal irá ver em você muito mais do que um corretor interessado no fechamento do negócio. A confiança cultivada será tão forte que provavelmente vão te ter como o agente definitivo deles!


3 - Tenha um controle dos marcos de vida dos seus clientes


Você pode ir muito além de ter apenas o nome, telefone e e-mail dos seus clientes. Compile um breve resumo sobre a pessoa, seus interesses, e durante os atendimentos já mapeie possíveis eventos futuros em que sua participação possa ser bem-vinda.


Um casal que está começando a vida a dois pode buscar um imóvel de dois quartos, mas futuramente podem ter um bebê e precisar de mais um dormitório. Clientes com filhos em idade pré universitária podem se interessar por um imóvel próximo à faculdade para facilitar a rotina deles. Tenha esses marcos anotados e esteja disponível nesses eventos da vida do seus clientes de forma genuína, disponibilizando ajuda, não apenas para vender!


4 - Não peça referência, mas agradeça sempre que for indicado


Não caia no erro de “chorar” por uma indicação. Proporcionando uma experiência agradável e, mais que isso, memorável, você será indicado naturalmente. Quando isso acontecer, não deixe de mandar uma mensagem calorosa agradecendo e dizendo o quanto fica feliz em ter sido referência. Aproveite para perguntar como vão as coisas no imóvel e na vida, e se mostre disponível para qualquer coisa que o cliente antigo/novo precise.


Depois disso, cuide bem do lead potencial vindo através da indicação. Proporcione uma experiência marcante e agradável. Você se tornará ponto de conversa em comum entre os clientes, e uma rede de indicação começa a ser construída.


5 - Produza conteúdo autoral


Você pode fazer isso através de uma newsletter (envio de e-mails periódicos), de um blog ou ainda suas redes sociais. Ter essa rotina de produção de conteúdo proprietário, seja escrito ou audiovisual, é um meio poderoso para manter-se presente no dia a dia dos seus clientes, sem importunar.


Mescle conteúdos de mercado, economia e o que achar relevante para sua imagem como corretor, mas não esqueça de reservar uma editoria para dicas práticas e artigos relevantes para a realidade dos seus clientes também. Novamente: esteja presente para além apenas da venda e compra do imóvel.


6 - Busque maneiras criativas e personalizadas para manter o contato


Em meio a essas dicas você também precisa mapear novas oportunidades e possibilidades para manter o contato com seus clientes. Para isso, você precisa ser criativo e principalmente: conhecer bem seus clientes e acompanhá-los nas redes sociais. Temos certeza que estar atento ao que acontece e exercitar a visão sobre o relacionamento pode ajudar a ter diversas outras ideias para nutrir um bom relacionamento.


Como promover seus serviços imobiliários nas redes sociais


7 - Atualize sua lista de contatos com frequência


Por fim, embora você possa ter meios extremamente personalizados ou inovadores de manter o contato, pode ser que alguns de seus clientes não queiram mantê-lo. Procure identificar a receptividade deles para seus esforços.


Exclua aqueles que não forem abertos do seu ciclo de relacionamento, ou separe aqueles que aparentam estar abertos mas para contatos menos frequentes. Ter esse controle vai ser importante para que você não vire um profissional inconveniente ao invés de bem estimado!


DICA BÔNUS!


8 - Use Beemob para fidelizar o seu cliente!


A mais completa plataforma de parcerias imobiliárias do Brasil! Conectamos corretores, imobiliárias e incorporadoras para gerar mais negócios e é totalmente gratuita. Cadastre-se com seu CRECI ativo e tenha a sua disposição mais de 100 mil imóveis do país todo! Além disso, informe o que eu cliente procura e receba alertas automáticos de potenciais negócios.

O seu cliente não precisa de vários corretores, ele precisa de você usando Beemob!

Leia também o artigo:


Como se conectar emocionalmente com seus clientes para gerar mais negócios


Conta pra gente: como você costuma manter e nutrir o relacionamento com seus clientes? Alguma dica que não tenhamos dado por aqui? Comente aqui embaixo!

155 visualizações
bee-oficial-horizontal-RGB.png
CONHEÇA TAMBÉM
SOBRE

© Beemob Desenvolvedora de Programas LTDAR.

Barão de Santo Ângelo, 479 - Moinhos de Vento, Porto Alegre - RS, 90570-090

SOCIAL
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • White LinkedIn Icon
  • Branca Ícone Pinterest
Google Play BeemobApp_1.png
App store_2.png